Considerações sobre erosão costeira no Brasil: O caso da Ilha de Itamaracá e da praia de Suape (Pernambuco)

Tiago Fernando de Holanda, Fernando da Silva Alexandre, Áurea Nascimento de Siqueira Mesquita, Tanelly Neriah Santos, Thomás Henrique de Holanda

Resumo


O presente trabalho tem como objetivo, analisar o estado atual da parte norte da Ilha de Itamaracá e também a praia de Suape locada no município do Cabo de Santo Agostinho-PE, no decorrer do trabalho abordará o método utilizado para chegar-se ao objetivo, sendo uma análise de costa pelo programa Google Earth Pro. Foram colocados pontos através das ferramentas do programa assim como, uma delimitação da linha da praia e posterior utilizando a ferramenta régua foram delimitadas distâncias entre os pontos e as linhas feitas, e foram comparadas as imagens que o programa disponibiliza para uma comparação da dinâmica da costa, a distância entre as linhas admitiu-se que se negative (erosão) e positivo (acreção), os resultados obtidos com as taxas de valores negativos sofrem com o déficit de sedimentos no caso, a praia de Suape em sua porção ao sul encontra-se em erosão pontos 3 até o ponto 9, já para a parte norte de Itamaracá os pontos 4 até 6 apresentam um déficit de sedimentos caracterizando um ambiente de erosão

Texto completo:

PDF (Português)

Referências


BIRD, E. C. F.; Coastal Geomorphology: an introduction. England. Second edition. 436 p.

Disponívelem: acesso em 08/07/2017.

GONÇALVES, V. L. M.; A aplicação Google Earth no estudo da dinâmica costeira em sistemas litorais arenosos na costa portuguesa. 2013. 73p. Dissertação Mestrado em Ecologia Marinha - Universidade de Lisboa Faculdade de Ciências Departamento de Biologia Animal.

HOLANDA, T. F. ANÁLISE SOBRE DÉFICIT SEDIMENTAR NA ILHA DE ITAMARACÁ-PE In: Reflexões sobre o semiárido: obra do encontro do pensamento geográfico. 01 ed. Recife: ITACAIÚNAS COMÉRCIO E SERVIÇOS, 2017, v.01, p. 110-116.

HOLANDA, T. F.; XAVIER, J. P. S.; SANTOS, T. N.; FARIAS, P. L. C. AVALIAÇÃO DE EROSÃO DA PRAIA DE SUAPE: APLICAÇÃO DO GOOGLE EARTH PRO In: Reflexões sobre o semiárido: obra do encontro do pensamento geográfico. 01 ed. Recife: ITACAIÚNAS COMÉRCIO E SERVIÇOS, 2017, v.01, p. 149-154.

LUCENA DE ALBUQUERQUE, Juvenita. Caracterização morfodinâmica e vulnerabilidade à erosão do Litoral Leste da Ilha de Itamaracá-PE. 2009.

MANGOR Karsten; DRØNEN, Nils K.; KJÆRGAARD, Kasper H.; KRISTENSEN, Sten E.; Shoreline Management Guidelines. Published as e-book by DHI, 4ª edição - fevereiro 2017. 462 p.

SUGUIO, K.; Dicionário de Geologia Sedimentar e Áreas Afins. Rio de janeiro: Bertrand Brasil, 1998. 1222 p.

SUGUIO, K.; Geologia Sedimentar. Edgard Blücher, 2003. 400 p.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Tiago Fernando de Holanda, Fernando da Silva Alexandre, Áurea Nascimento de Siqueira Mesquita, Tanelly Neriah Santos, Thomás Henrique de Holanda

ISSN: 2675-3065

 Revista sob Licença Creative Commons

Language/Idioma
02bandeira-eua01bandeira-ingla
03bandeira-spn