Influência da irrigação com água magnetizada no cultivo de pimenteiras do genêro Capsicum

Marco Antônio da Silva Verssiani, Alisson Macendo Amaral, João Paulo Pereira Mendes, Luana da Silva Botelho, Maria Ângela Cruz Macêdo dos Santos

Resumo


A expansão da área cultivada com pimenta no Brasil se deve à crescente procura desse produto pelos mercados interno e externo e tecnologias como a magnetização e o seu uso na irrigação vem se mostrando viável no aumento do crescimento e produção dos cultivos. Dessa forma, objetivou-se com este trabalho avaliar as diferenças nas características agronômicas de cultivares de pimenta Capsicum quando submetidas à irrigação com água magnetizada em condições de cultivo protegido. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados no esquema fatorial 4 x 2, com 5 repetições. O fator A era composto pelas cultivares de pimenta Cayenne, Guadalajara, Bico e Cascavel, já o Fator B perfazia a irrigação com água normal e água magnetizada. Foram avaliadas as características alométricas: altura de planta, diâmetro de coleto, número de folhas, área foliar, massa fresca e seca de caule e folhas; a produção; o número, massa seca e massa fresca de frutos; e quantificados o índice de colheita e eficiência de uso da água. Os resultados mostraram que houve aumento expressivo nas variáveis alométricas, onde o uso da água magnetizada foi significativo, entretanto, observou-se que a diferença nas outras variáveis mensuradas era devido a diferença intrínseca entre as cultivares e o hábito de crescimento indeterminado.


Palavras-chave


Pimenta; Tratamento magnético; morfologia

Texto completo:

PDF (Português)

Referências


Aguiar, A. T. E., Gonçalves, C., Paterniani, M. E. A. G. Z., Tucci, M. L. S., Castro, C. E. F. (2014). Instruções agrícolas para as principais culturas econômicas (7ª ed.). Campinas: Instituto Agronômico, 452 p. (Boletim IAC, n.º 200).

Ahamed, M. E. M., ELzaawely, A. A., Bayoumi, Y. A. (2013). Effect of magnetic field on seed germination, growth and yield of sweet pepper (Capsicum annuum L.). Asian Journal of Crop Science. 5, 286-294.

Almeida, B. M., Silva, V. B., Lopes, A. C. A., Gomes, R. L. F., Martins, L. V., Valente, S. E. S., Peron, A. P., Feitoza, L. L. (2020). Pimentas Capsicum L.: aspectos botânicos, centro de origem, diversificação e domesticação, importância socioeconômica e propriedades terapêuticas (Parte 1). In: As vicissitudes da pesquisa e da teoria nas ciências agrárias. Ponta Grossa (BR): Editora Atena, p.33-47.

Almeida, R. C., Deus, F. P., Diotto, A. V., Teixeira, A. L. P, Lemos, L. T. O, Pizzeta, S. C., Vieira, C. N. G. (2020). Desenvolvimento vegetativo do tomateiro sweet heaven irrigado com água tratada magneticamente. Brazilian. Journal of Development. 6(2), 5428-5434.

Alves, E. S., Lima, D. F., Barreto, J. A. S, Santos, D. P., Santos, M. A. L. (2017). Determinação do coeficiente de cultivo para a cultura do rabanete através de lisimetria de drenagem. Irriga. 22(1), 194-203.

Araújo, J. S., Andrade, A. P., Ramalho, C. I., Azevedo, C. A. V. (2009). Cultivo de pimentão em condições protegidas sob diferentes doses de nitrogênio via fertirrigação. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental. 13(5), 559–565.

Bernardo S. (1995). Manual de Irrigação. Viçosa: UFV, 657 p.

Bernardo, S., Soares, A. A., Mantovani, E. C. (2015). Manual de Irrigação. Viçosa: UFV, 625 p.

Caldas, A. L. D., Lima, E. M. C., Carvalho, J. A., Rezende, F. C. (2016). Manejo da irrigação em diferentes fases fenológicas da pimenta cayenne cultivada em ambiente protegido. Revista Brasileira de Agricultura Irrigada. 10(2), 553 – 564.

Cardoso, A. A. S., Santos, J. Z. L., Tucci, C. A. F., Barbosa, M. B. (2014). Acúmulo de nutrientes e crescimento da pimenta-de-cheiro em função de doses de calcário. Revista [email protected] On-line. 8(2), 165-174.

Costa, E., Santo, T. L. E., Batista, T. B., Curi, T. M. R. C. (2017). Diferentes tipos de ambiente protegido e substratos na produção de pimenteiras. Horticultura Brasileira. 35(3),458-466.

Dantas, E. R., Araújo, A. S., Silva, E. V., Paiva, Y.F., Calado, J. Á., Lima, R.R. (2017). Extrato da pimenta ‘biquinho’ como revestimento comestível na conservação de goiabas. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, 12(4), 695-700.

Dutra, F. L. A., Branco, I. G., Madrona, G. S., Haminiuk, C. W. I. (2010). Avaliação Sensorial e Influência do Tratamento Térmico no Teor de Ácido Ascórbico de Sorvete de Pimenta. Revista Brasileira de Tecnologia Agroindustrial. 4(2),243-251.

Ferreira, D. F. (2014). Sisvar: a guide for its bootstrap procedures in multiple comparisons. Ciência e Agrotecnologia. 38(2), 109-112.

Florentino, H. O. Biscaro, A. F. V., Passos, J. R. S. (2012). Funções sigmoidais aplicadas na determinação da atividade metanogênica específica – AME. Revista Brasileira de Biometria. 28(1), 141-150.

Generoso, T. N., Martinez, M. A., Rocha, G. C., Hamakawa, P. J. (2017). Water magnetization and phosphorus transport parameters in the soil. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental. 21(1), 9-13.

Gonçalves, V. D., Muller, D. H., Fava, C. L. F., Camili, E. C. (2015). Maturação fisiológica de sementes de pimenta ‘bode vermelha’. Revista Caatinga. 28(3),137–146.

Gusmão, J. M., Vidal, V. M., Soares, F. A. L., Teixeira, M. B., Cunha, F. N., Moraes, W. G. S, Amaral, A. M. (2018). Características morfológicas e produtivas de cultivares de girassol sob diferentes reposições hídricas. Global Science and Technology. 11(1), 17-24.

Halford, N. G. Photosynthate partitioning. In: Pua, E., Davey, M. (2010). Plant developmental biology biotechnological perspectives. Berlin: Springer, 67-82 p.

Jorge, E.V.C., David, A. M. S. S., Figueiredo, J. C., Pinheiro, D. L. M., Silva, R. A. N, Alves, R. A. (2018). Estádio de maturação e repouso pós-colheita dos frutos na qualidade de sementes de pimenta biquinho. Revista de Ciências Agrárias. 61, 1-7.

Lopes, N. F., Lima, M. G. S. (2015). Fisiologia da produção. Viçosa: UFV, 492 p.

Martins, M. S., Marques, T. A, Santos, D. C, Santos R. C, Pradela, V.A. (2018) Estudo de como a água magnetizada pode auxiliar na produção de muda de alface. Bioenergia em revista: diálogos. 8(2), 29-38.

Matos, K., Blanco, A., Columbié, M., Sánchez, E. (2018). Influencia del agua tratada magnéticamente en la obtención de posturas de lechuga (Lactuca sativa, L). Hombre, Ciencia y Tecnología. 15(4), 1-8.

Melo, L. F., Gomes, R. L. F., Silva, V. B, Monteiro, E. R., Lopes, A. C. A, Peron, A. P. (2014). Potencial ornamental de acessos de pimenta. Ciência Rural, 44(11), 2010-2015.

Mendes, J. P. P., Amaral, A. M., Verssiani, M. A. S, Santos, M. Â. C. M. (2020). Crescimento e qualidade de mudas de baru em resposta a hidroretentor e água magnetizada. Scientia Plena. 16(11), 1-10.

Oka, J. M. (2017). Crescimento e acúmulo de nutrientes em Pimenteira-de-cheiro (Capsicum chinense Jacquin) cv. Lupita. Tese de doutorado. Universidade Federal do Amazonas, Manaus, AM, Brasil.

Olaniyi, Y. K., Ogunlela, A. O. (2017). Effects of magnetized water on the vegetative growth and yield of tomato. Agricultural Engineering International: CIGR Journal. 19(1), 1–8.

Paula, F. L.M., Paula, A. L., Frizzone, J. A., Boas, M. A. V, Gomes, A. W. A, Souza C. (2017). Concentração de capsaicinóides em pimenta Tabasco com doses de CO2 aplicadas via irrigação. Horticultura Brasileira. 35(3), 390-394.

Paulus, D., Valmorbida, R., Santin, A., Toffoli, E., Paulus, E. (2015). Crescimento, produção e qualidade de frutos de pimenta (Capsicum annuum) em diferentes espaçamentos. Horticultura Brasileira. 33(1), 91-100.

Pereira Jr., C. C. (2018). Crescimento e produção da pimenta biquinho sob lâminas de irrigação e doses de biofertilizante Tese de doutorado, Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande, PB, Brasil.

Pinto, C. M. F., Cruz, R. M. (2011). Agronegócio da pimenta (Capsicum sp.) em Minas Gerais. Horticultura Brasileira. 29(2), S5744-S5765.

Portela, I. P., Peil, R. M. N., Rombaldi, C. V. (2012). Efeito da concentração de nutrientes no crescimento, produtividade e qualidade de morangos em hidroponia. Horticultura Brasileira. 30(2), 266-273.

Pradela, V.A., Yoshida, C. H. P., Santos, D.C., Santos, R.C., Lapaz, A. M. (2018). Produção de mudas de alface em resposta ao uso de água tratada magneticamente. Brazilian Journal of Biosystems Engineering. 12(3), 299-306.

Rego, L. S., Fernandes, P. O. (2019). Atividade funcional da pimenta vermelha (Capsicum sp-solanacea) e pimenta do reino (Piper nigrum-piperaceae). Revista da FAESF. 2019; 3(3), 33-41.

Santana, C. M., Almeida, F. B., Silva, F. R., Melo, W. F., Tabalera, G. G., Sarmento, W. E., Sobrinho, W. S., Linhares, P. C. F. Análise da utilização da pimenta (Capsicum frutescens L.) e sua indicação medicinal: Revisão. PUBVET, 11(4), 327-332.

Santos, A. S. (2018). Características agronômicas, físico-químicas e sensoriais de linhagens de pimenta biquinho cultivadas em sistema orgânico. Dissertação de mestrado. Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, SP, Brasil.

Silva, L. S. N., Morais, G. C., Costa, L. S., Santos, J. F. F, Filha, C. M. R. S, Silva, R. N. O. (2020). Diversidade genética em genótipos de Capsicum annuum L. (Solanaceae) promissores para uso ornamental. Revista Brasileira de Gestão Ambiental e Sustentabilidade. 7(17), 1165-1174.

Vieira, E. L., Souza, G. S., Santos, A. R., Silva, J. S. (2010). Manual de fisiologia vegetal. São Luis:E-book; 230p. Disponível em: https://www.bibliotecaagptea.org.br/agricultura/biologia/livros/MANUAL%20DE%20FISIOLOGIA%20VEGETAL.pdf


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Marco Antônio da Silva Verssiani, Alisson Macendo Amaral, João Paulo Pereira Mendes, Luana da Silva Botelho, Maria Ângela Cruz Macêdo dos Santos

Meio Ambiente (Brasil) | ISSN: 2675-3065

 Revista sob Licença Creative Commons

Language/Idioma
02bandeira-eua01bandeira-ingla
03bandeira-spn