Agenda 2030 e os desafios para a garantia de acesso à energia limpa e renovável

Karla Jarlita de Moura Silva, Ricélia Maria Marinho Sales, Guilherme Veloso da Silva, Izaias Romário Soares do Nascimento, Mateus Gonçalves Silva

Resumo


Com os indícios do desequilíbrio econômico e ambiental no planeta, fica cada vez mais indispensável pensar em atividades que promovam o uso consciente de fontes energéticas limpas e renováveis. Com isso, muitos estudos vêm sendo realizados para que se tenha a promoção de ações que adotem energias renováveis como matriz energética em todo o planeta. O trabalho evidenciado buscou mostrar quais os desafios para garantir o acesso as fontes energéticas limpas e sustentáveis. A metodologia aqui empregada baseia-se em uma pesquisa exploratória que consiste em levantamento bibliográfico e documental, artigos científicos, entre outros. A preocupação da Organização da Nações Unidas (ONU) é como lidar com as atuais gerações de energia e seus resíduos de forma que as atuais gerações e as próximas não sejam afetadas quanto aos seus abastecimentos. Dessa forma, levanta-se o questionamento de como assegurar que energias limpas cheguem na casa de quem ainda não tem acesso. Assim, uns dos grandes direcionamentos das fontes de energia renováveis é a microgeração, que por sua vez são abundantes e muitas das vezes são de fáceis acessos por toda a população. Mediante ao exposto, para essa garantia é necessário pensar em políticas públicas corretas, investindo o dinheiro corretamente em projetos, pois, só assim será possível abastecer a população com todo o aparato tecnológico necessário para gerar sua própria energia e assim levar todo o globo para um desenvolvimento sustentável.

Palavras-chave


Fontes energéticas, Desenvolvimento Sustentável, Energias renováveis.

Texto completo:

PDF (Português)

Referências


Brasil. (2014). Negociações da Agenda de Desenvolvimento Pós-2016: Elementos Orientadores da Posição Brasileira. Disponível em: . Acesso em: 03/09/2019.

Civil, Grupo de Trabalho da Sociedade (2017). Relatório Luz Da Agenda 2030 De Desenvolvimento Sustentável. Brasil: Artigo 19, 32p. Disponível em: . Acesso em: 09/07/2019.

Furtado, N. F. (2018). A Agenda 2030 e a Redução de Desigualdades no Brasil: Análise da Meta 10.2. 45 f. Monografia (Especialização) - Curso de Planejamento e Estratégias de Desenvolvimento, Escola Nacional de Administração Pública (ENAP), Brasília – DF, 2018. Disponível em: . Acesso em: 03/09/2019.

Gife, Associação dos Investidores Sociais do Brasil (2019). Monitoramento da Implementação da Agenda 2030 É Missão Empreendida Por Governos, Empresas e Organizações da Sociedade Civil. Disponível em: . Acesso em: 11/07/2019.

Gil, A. C. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 6. ed. São Paulo: Editora Atlas, 2008. 200 p. Disponível em: https://ayanrafael.files.wordpress.com/2011/08/gil-a-c-mc3a9todos-e-tc3a9cnicas-de-pesquisa-social.pdf. Acesso em: 25/05/2019.

Gnud, Grupo das Nações Unidas para o desenvolvimento (2019). Agenda 2030. Disponível em: . Acesso em: 12/06/2019.

Gomes, R. (2017). Após Dois Anos, Brasil Nada Fez Por Objetivos Tratados na ONU. Disponível em: . Acesso em: 10/07/2019.

Guterres, A. (2019). O Relatório de Metas de Desenvolvimento Sustentável. Disponível em: . Acesso em: 31/07/2019.

Lopes, M. A. (2018). Agenda 2030: Como O Brasil Está Relacionado Com Os Objetivos da ONU. Disponível em: . Acesso em: 12/06/2019.

Medeiros, L. C. N. de. (2018). Energia Renovável: Conquistas e Perspectivas. Boletim Jurídico, Uberaba - MG, v. 1526, n. 29. Disponível em: https://www.boletimjuridico.com.br/artigos/direito-ambiental/4025/energia-renovavel-conquistas-perspectivas. Acesso em: 25/05/2019.

Pnud, Programa das Nações Unidas Para O Desenvolvimento (2018). Brasil Avança na Implementação da Agenda 2030. Disponível em: . Acesso em: 13/06/2019.

Pnud, Programa das Nações Unidas Para O Desenvolvimento -. Objetivo 7: Energia Limpa e Acessível. Disponível em: . Acesso em: 03/09//2019.

Poder Executivo. Decreto Nº 8.892, de 27 de outubro de 2016. Diário Oficial da União, Disponível em: . Acesso em: 10/07/2019.

Silva, K. A. M.; Xavier, Y. M. A. (2013). A utilização das energias renováveis para a consolidação do desenvolvimento sustentável. Direito das Energias Renováveis e Desenvolvimento, 1(7), 11-25.

Soares, F.; Silva, J. P.; Montes, R. (2019). SUSTENTABILIDADE ODS 7 ENERGIA LIMPA E ACESSÍVEL. Disponível em: https://www.pucsp.br/sites/default/files/download/eventos/bisus/6-energia-limpa-e-acessivel.pdf. Acesso em: 25/05/2019.

Unidas, Nações. (2015).Transformando Nosso Mundo: A Agenda 2030 Para o Desenvolvimento Sustentável. Disponível em: . Acesso em: 12/06/2019.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Karla Jarlita de Moura Silva, Ricélia Maria Marinho Sales, Guilherme Veloso da Silva, Izaias Romário Soares do Nascimento, Mateus Gonçalves Silva

ISSN: 2675-3065

 Revista sob Licença Creative Commons

Language/Idioma
02bandeira-eua01bandeira-ingla
03bandeira-spn