Aplicação do Índice de Qualidade de Aterros de Resíduos (IQR): Estudo em área no sul do Brasil // Application of the Waste Landfill Quality Index (IQR): Study in an area in southern Brazil

Willian Fernando de Borba, José Luiz Silvério da Silva, Pedro Daniel da Cunha Kemerich, Ericklis Edson Boito de Souza, Gabriel D'Ávila Fernandes, Mateus Guimarães da Silva

Resumo


A B S T R A C T

The population growth is responsible for the production of large quantities of solid waste. The right final disposal of this waste occurs in sanitary landfills. This study aimed to analyze the methodology proposed by the Environmental Company of the State of São Paulo, which determines the landfill quality index in the northwest of Rio Grande do Sul. The first visit revealed a value of 8.4, adequate conditions and some inconsistencies were the inefficiency in the slurry drainage, the absence of geotechnical monitoring and the presence of birds and flies. In the second visit, the Landfill Quality Index was 9.2, where there was an adequacy in the slurry drainage system and the lack of outcropping of this material, however, the remaining problems are still present in the project. Thus, we note the importance of these studies for a good management, mitigating the negative environmental impacts.

Keywords: Landfill, CETESB, Environmental management, IQR, Leachate.

Aplicação do Índice de Qualidade de Aterros de Resíduos (IQR): Estudo em área no sul do Brasil

R E S U M O

O aumento populacional é o responsável pela produção de grande quantidade de resíduos sólidos. A disposição final correta destes resíduos ocorre em aterros sanitários. Este estudo tem por objetivo analisar a metodologia proposta pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo que determina o índice de qualidade de aterros de resíduos em aterro sanitário no noroeste do Rio Grande do Sul. Na primeira visita constatou-se um valor de 8,4, condições adequadas e as inconsistências foram, ineficiência na drenagem de chorume, ausência de monitoramento geotécnico e a presença de aves e moscas. Na segunda visita, o índice de qualidade de aterros de resíduos encontrado foi de 9,2, onde, houve adequação no sistema de drenagem de chorume e a inexistência de afloramento deste material, contudo, as demais problemáticas continuam presentes no empreendimento. Assim, nota-se a importância desses estudos para uma boa gestão, mitigando impactos ambientais negativos.

Palavras-Chaves: Aterro sanitário, CETESB, Gestão ambiental, IQR, Lixiviado.


Palavras-chave


Aterro sanitário, CETESB, Gestão ambiental, IQR, Lixiviado.

Referências


ABNT. Associação Brasileira de Normas Técnicas. (2007). NBR 15495-1: Poços de monitoramento de águas subterrâneas de aquíferos granulares. Parte 1 - Projetos e construção. Rio de Janeiro: ABNT.

ABNT. Associação Brasileira de Normas Técnicas. (1997). NBR 13896: Aterros de resíduos não perigosos - Critérios para projeto, implantação e operação. Rio de Janeiro: ABNT.

ABNT. Associação Brasileira de Normas Técnicas. (2008). NBR 15495-2: Poços de monitoramento de águas subterrâneas de aquíferos granulares. Parte 2 - Desenvolvimento. Rio de Janeiro: ABNT.

ABNT. Associação Brasileira de Normas Técnicas. (2010). NBR 15849: Resíduos sólidos urbanos – Aterros sanitários de pequeno porte - Diretrizes para localização, projeto, implantação, operação e encerramento. Rio de Janeiro: ABNT.

Barros, R. G., Dourado, B. R. & Bárbara, V. F. (2020). Determinação do índice da qualidade do aterro de resíduos do município de Goiânia/GO. Revista Ibero-americana de Ciências Ambientais, (11), 155 - 166.

Borba, W. F. de. (2016). Vulnerabilidade natural à contaminação da água subterrânea em área ocupada por aterro sanitário em Seberi - RS. Dissertação de Mestrado, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS, Brasil.

Borba, W. F. de. (2019). Avaliação da contaminação ambiental em um aterro sanitário de pequeno porte, sem utilização de geomembrana, na região noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. Tese de Doutorado, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS, Brasil.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento Regional. Secretaria Nacional de Saneamento - SNS. (2019). Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento: Diagnóstico do Manejo de Resíduos Sólidos Urbanos - 2018. Brasília: SNS/MDR.

Brito Filho, L. F. B. (2005). Estudo de gases em aterros de resíduos sólidos urbanos. Dissertação de Mestrado, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

CETESB. Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental. (2007). Inventario estadual de resíduos sólidos domiciliares: relatório de 2007. Disponível em: http://www.cetesb.sp.gov.br. Acesso em: 13/10/2018.

CPRM. Companhia De Pesquisa De Recursos Minerais. (2006). Mapa geológico do Estado do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: CPRM.

Díaz-Villavicencio, G., Didonet, S. R. & Dodd, A. Influencing factors of eco-efficient urban waste management: Evidence from Spanish municipalitie. Journal of Cleaner Production, 164, 1486 - 1496.

Duarte, J. P. P. & Silva, J. G. (2019). Aplicabilidade do IQR: Desempenho dos aterros sanitários dos municípios da microrregião de Ituverava-SP. In: 2º CONGRESSO SUL-AMERICANO DE RESÍDUOS SÓLIDOS E SUSTENTABILIDADE, 2019, Foz Iguaçu - PR. 2º CONGRESSO SUL-AMERICANO DE RESÍDUOS SÓLIDOS E SUSTENTABILIDADE, 2019

EMBRAPA. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. (2013). Sistema Brasileiro de classificação de solos. Brasília: EMBRAPA/Centro Nacional de Pesquisa de Solos.

Freitas, M. A., Binotto, R. B., Nanni, A. S. & Bortoli, C. R. (2012). Avaliação do potencial hidrogeológico, vulnerabilidade intrínseca e hidroquímica do sistema Aquífero Serra Geral no noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. Revista Brasileira de Recursos Hídricos, 17 (2), 31 - 41.

Governo do Estado do Rio Grande do Sul. (2014). Plano Estadual de Resíduos Sólidos do Estado do Rio Grande do Sul. 2015 - 2034. Porto Alegre: Engebio.

Gribrunet, L., Calvet, M. S. & Broto, V. C. (2017). Flows, system boundaries and the politics of urban metabolism: Waste management in Mexico City and Santiago de Chile. Geoforum, 85, 353 - 367.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. (2010). Censo demográfico 2010. Disponível em: http://censo2010.ibge.gov.br/. Acesso em: 15/03/2015.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. (2005). Malha digital municipal. Disponível em: http:www.ibge.gov.br/. Acesso em: 15/03/2015.

Lacerda, M. L., Silva, A. F da., Farias, A. M., Souza, D. E. S., Azevedo, D. P., Alves, Q. de O. & Santos, T. C. (2020). Avaliação do local de disposição final de resíduos sólidos urbanos de Goianésia-PA com base no Índice de Qualidade de Aterro de Resíduos (IQR). In: Silva, H. C. da. Demandas e essenciais para o avanço da engenharia sanitária e ambiental 3. Ponta Porã: Atena, 2020. Cap. 4., p. 33 - 41.

Machado, J. L. F. & Freitas, M. A. (2005). Projeto mapa hidrogeológico do Estado do Rio Grande do Sul: relatório final - Escala 1:750.000. Porto Alegre, CPRM.

Pires, J. C. A. (2002). Projeto de tratamento do chorume produzido no aterro metropolitano de Gramacho através de “Wetland”. Dissertação de Mestrado, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

Santos, A. L. F., Haraguchi, M. T. & Leitão, G. C. (2012). Índice de qualidade de aterro de resíduos (IQR), como subsídio para avaliar o sistema de disposição final do município de Anápolis - GO. Scientia Plena, 8 (10).

Silva, L. da., Prietto, P. D. M. & Korf, E. P. (2019). Sustainability indicators for urban solid waste management in large and medium-sized worldwide cities. Journal Of Cleaner Production, 237 (10), 117802.

Tirkolaee, E. B., Mahdavia, I., Esfahani, M. M. S. & Weber, G. W. (2020). A robust green location-allocation-inventory problem to design an urban waste management system under uncertainty. Waste Management, 102 (1), 340 - 350.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Willian Fernando de Borba, José Luiz Silvério da Silva, Pedro Daniel da Cunha Kemerich, Ericklis Edson Boito de Souza, Gabriel D'Ávila Fernandes, Mateus Guimarães da Silva

ISSN: 2675-3065

 Revista sob Licença Creative Commons

Language/Idioma
02bandeira-eua01bandeira-ingla
03bandeira-spn