Atividade petrolífera offshore e sua relação com os impactos ambientais nos ecossistemas marinhos

Noemi Nascimento, Gabriel Victor Vital, Alyny dos Santos Plaza, Giovanna Lucchi Mandotti de Souza

Resumo


DOI

O petróleo é a fonte de combustível mais importante atualmente, possui uma grande importância econômica e gera não só o combustível fóssil, como também outros produtos que são aplicados de formas diferentes. Apesar de sua relevância, a exploração petrolífera tem como consequência diversos impactos desde a extração até a utilização, principalmente em ambiente offshore. A importância e sensibilidade ecológica do ambiente marinho faz com que haja riscos em qualquer alteração não natural do mesmo, especialmente se tratando de atividades de grande magnitude como é a exploração e produção de petróleo. A compreensão desses impactos possibilita uma conscientização para o desenvolvimento de novas tecnologias e aplicação de melhores e mais eficazes técnicas de controle, prevenção e remediação. Alguns métodos de remediação provaram ter eficácia, bom custo benefício e baixo ou nenhum impacto ambiental de consequência, como a biorremediação que utiliza micro-organismos para a limpeza do ambiente impactado pelo vazamento de óleo. Outros métodos como o uso de dispersantes químicos que contém substâncias tóxicas em sua composição, podem trazer danos ao ambiente e devem ser aplicados quando outras medidas mitigatórias não forem suficientes. Nesse estudo abordar-se-á a respeito do funcionamento do sistema offshore, o comportamento do óleo em um vazamento no oceano e de que forma os riscos da atividade impactam os ecossistemas marinhos, possibilitando uma compreensão da necessidade de medidas de prevenção e controle.

 


Texto completo:

PDF (Português)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Noemi Nascimento

Meio Ambiente (Brasil) | ISSN: 2675-3065

 Revista sob Licença Creative Commons

Language/Idioma
02bandeira-eua01bandeira-ingla
03bandeira-spn