Um ensaio sobre a Responsabilidade Ambiental

Maria Eduarda Valotto, João Botton

Resumo


Este ensaio é um dos resultados da execução de um projeto de pesquisa intitulado Filosofia e Ficção: o humano como projeto. Executado com auxílio financeiro do CNPq, através da instituição dos autores, o projeto buscou aprofundar a compreensão das origens e os desdobramentos das formas culturais de concepção do meio ambiente que têm conduzido a produção e o consumo à um cenário de crise de recursos. Assim, enquanto um ensaio, esse texto recorre a um conjunto de elementos teóricos examinados de um ponto de vista filosófico - com mais ênfase naqueles abordados pelo filosofo alemão Hans Jonas, mas não exclusivamente – ao mesmo tempo em que compara e elabora os argumentos oriundos das teorias da Ética ambiental com algumas fontes não teóricas da cultura, notadamente a ficção cinematográfica. O recurso ao cinema se justifica na medida em que ele tem sido, ao longo do seu desenvolvimento, um grande laboratório de experimentação e de projeção de experiências. O objetivo desse ensaio é apontar para a necessidade e para as dificuldades da elaboração de uma ética ambiental capaz de fazer frente aos desafios contemporâneos


Texto completo:

PDF (Português)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 João Botton

ISSN: 2675-3065

 Revista sob Licença Creative Commons

Language/Idioma
02bandeira-eua01bandeira-ingla
03bandeira-spn